Notícias
 

Publicada em 12.10.2016

Parque de Dois Irmãos oferece diversão e contato com a natureza

Dia das Crianças é também dia de visitar o Parque Estadual de Dois Irmãos, localizado na Zona Norte do Recife. A unidade de conservação administrada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade abriga o zoológico com mais de 600 animais silvestres e foi um dos locais mais procurados neste feriado por famílias inteiras, grupos de amigos, jovens e idosos, que chegaram logo cedo, antes da abertura dos portões, às 9h, para visitar os animais e se divertirem nas áreas livres dos 14 hectares do zoo.

Até o encerramento das atividades, às 16h, passaram pelo PEDI mais de 13. 159 pessoas. Durante todo o dia as crianças acompanhadas dos pais e familiares contaram com uma programação especial, com apoio de monitores e educadores ambientais. Pintura, contação de história, oficinas e brincadeiras atraíram o público infantil.

A costureira Viviane Santos (foto abaixo, à esquerda) veio ao Parque com toda a família para curtir o feriado e trouxe o pequeno Alexandre, de 4 anos. Segundo ela, "como o filho adora animais, trazê-lo ao zoológico foi um verdadeiro presente para que ele pudesse conhecer melhor os animais de origem silvestre", enfatizou Viviane.

O Dia das Crianças do Parque de Dois Irmãos é um evento pensado para proporcionar ao público visitante lazer e diversão, com segurança e contato com a natureza. As ações começaram no sábado, dia 8, e seguem até o dia 16, exceto amanhã, 13, quando estará fechado ao público das 9h às 16. Participam gestores, biólogos, veterinários, zootecnistas, tratadores, além de voluntários e monitores de empresas parceiras.

Para o gestor da unidade de conservação, George do Rêgo Barros, "recebemos mais de 13 mil visitantes, o que consolida o PEDI como um dos destinos mais procurados para o turismo de lazer voltado para o público infantil no Recife, especialmente da Semana da Criança", comemorou Barros.

Conheça a história do PEDI - Dois Irmãos foi criado em 1916 como horto florestal, nas terras pertencentes aos irmãos Antônio e Tomás Lins Caldas. O local era conhecido como engenho dos dois irmãos. Em 1939 foi transformado em Jardim Zoobotânico, tendo como fundador o ecólogo e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, João de Vasconcelos Sobrinho. Passou a ser uma Reserva Ecológica através da Lei 9.989/89. Apenas em 1997 passa a se chamar Parque. A Lei Estadual 11.622/98 mudou a sua categoria de unidade de conservação de Reserva Ecológica de Dois Irmãos para Parque Estadual de Dois Irmãos.

O zoológico e o Parque estão na memória afetiva de qualquer adulto que viveu a sua infância na cidade do Recife ou Região Metropolitana. A maioria dos visitantes que hoje leva seus filhos e netos para visitar o PEDI, fazem referência aos seus passeios quando crianças. A tradição de frequentar esse espaço da cidade que mistura lazer, contemplação da Mata Atlântica e dos animais silvestres, com ar puro e contato direto com a natureza continua forte e vem sendo passado de geração a geração.

Texto: Flávia Cavalcanti
Fotos: Juliana Pessoa