Histórico
 

Em 1916 o então chamado Horto Florestal de Dois Irmãos foi fundado nas terras do Engenho Dois Irmãos, pertencente aos irmãos Antônio e Tomás Lins Caldas _  desse parentesco veio a origem do nome, que também batizou o bairro. O engenho foi um dos primeiros fundados no Brasil, no ano de 1577.

Inicialmente administrado pela Prefeitura do Recife, em 1935 o Horto Florestal passou à Fundação do Instituto de Pesquisas Agronômicas - IPA, e só em 14 de janeiro de 1939 transformou-se no então Jardim Zoobotânico de Dois Irmãos, cujo primeiro diretor foi o professor e ecólogo João de Vasconcelos Sobrinho.

A partir de 1969 passou a ser administrado pela Empresa Pernambucana de Turismo - EMPETUR, vinculada à Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes, e em 1987 foi transformado em Reserva Ecológica pela Lei nº 9.989 de 13 de janeiro de 1989.

O Parque Dois Irmãos propriamente dito só foi instituído em 7 de julho de 1997, abrangendo uma área de 387,4 hectares, que incluía um fragmento de Mata Atlântica com os açudes do Prata, do Meio e o de Dois Irmãos, além de 14 hectares de área construída do Horto Zoobotânico.

Já em 29 de dezembro de 1998 o Governo do Estado homologou a Lei nº 11.622, transformando a Reserva Ecológica de Dois Irmãos em Parque Estadual Dois Irmãos.

Em dezembro de 2006, a área do Parque foi reduzida a 384,42 hectares, através da Lei Nº. 13.159. Atualmente está subordinado à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado (Semas).