Últimas Notícias
SCGE promove curso de Business Inteligence entre os dias 5 e 9 de outubro
29.09.2015
 
Entre os dias 5 e 9 de outubro, das 8h às 12h, a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, oferece, no Centro de Formação dos Servidores Públicos (Cefospe), o curso "Como inserir o Pentaho nas atividades de controle interno", ministrado pelo servidor João Amaral. Voltados para servidores lotados na SCGE, o treinamento visa despertar nos participantes a utilização de business intelligence  no dia a dia das organizações a partir da utilização de informação gerencial. O Pentaho Open Source Business Intelligence é uma aplicação indicada para análise de informações, monitoramento de indicadores e data mining. Apresenta grande flexibilidade e independência de plataformas, alta confiabilidade e segurança, podendo ser utilizada em qualquer ambiente operacional.
Leia mais
SCGE assina convênio para fortalecer ações de fiscalização da máquina pública e combate à corrupção
29.09.2015
A Secretaria da Controladoria-Geral do Estado de Pernambuco (SCGE-PE) assinou acordo com a Controladoria-Geral do Município de São Paulo (CGM-SP) para apoiar a troca e o compartilhamento de informações entre as duas unidades e a integraçãoe de banco de dados para o desenvolvimento de soluções em TI. Principal objetivo do acordo é permitir o intercâmbio de informação, ampliando a integração institucional e a troca de experiências para o enfrentamento da corrupção e a promoção da transparência pública. Com o convênio será possível que utilizar o Sistema de Registro de Bens dos Agentes Públicos (Sispatri) por meio de termo de cessão.
 
"O termo de compromisso de cooperação técnica é estratégico para a SCGE, pois permitirá, futuramente, a implantação de ações de controle entre os órgãos, bem como criar soluções de fiscalização mais especializadas", disse o secretário da Controladoria-Geral do Estado, Rodrigo Amaro.
 
No escopo do termo estão ações como: "permitir intercâmbio de informações", "atuar conjuntamente em ações de prevenção à corrupção e promoção da transparência e da ética pública", "compartilhar conhecimentos e informações técnicas relativos às áreas de auditoria e fiscalização, correição e ouvidoria", "realizar trabalhos conjuntos nas áreas de prevenção e combate à corrupção", "intercâmbio de ações de capacitação", "apoio mútuo na elaboração e distribuição de materiais didáticos" com foco em controle interno, entre diversas outras ações.
 
“Essa parceria é de fundamental importância para que Pernambuco possa fazer parte das ações de vanguarda no processo de fiscalização e monitoramento da gestão, atuando no aperfeiçoamento da máquina pública", completou Amaro.
 
Capacitação – Uma das primeiras ações fruto do convênio é a capacitação que profissionais da SCGE participarão em São Paulo no Sistema de Registro de Bens dos Agentes Públicos (Sispatri), no próximo 6 de outubro. O principal objetivo é conhecer a expertise paulista no mapeamento de enriquecimento ilícito a fim de viabilizar e pesquisar a possibilidade de implantação de ação semelhante em Pernambuco.
 
"Queremos conhecer o método utilizado em São Paulo para o possível desenvolvimento de aplicação semelhante em nosso Estado, uma vez que a análise patrimonial é crucial nas ações de prevenção e combate à corrupção", disse a diretora de Informações Estratégicas e Análise de Risco, Andréa Costa Arruda.
Leia mais
Ouvidorias de Pernambuco alinham estratégia com foco na resolutividade das ações
10.09.2015
As 60 unidades da Rede de Ouvidorias do estado de Pernambuco estiveram reunidas para debater em conjunto os principais temas de gestão da Rede. Sistema de ouvidorias, capacitações, monitoramento, relatórios e estratégia de atuação, foram os principais temas presentes na reunião que foi capitaneada pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado.
 
"Fazemos encontros contínuos com a necessidade de alinhar a atuação do principal elo entre o Governo do Estado e o pernambucano: as ouvidorias. É importante que as 60 unidades estejam alinhadas, praticando procedimentos semelhantes com  o objetivo de atender bem o cidadão", disse a diretoria de Ouvidoria e Controle Social da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, Elisa Andrade.
 
Um dos principais pontos abordados na reunião foi a resolutividade da Rede que, hoje, está em 80%. "Temos a meta de aumentar ainda mais a resolutividade, chegando a, no mínimo 85% das manifestações resolvidas. Isso só será possível mediante esforço gerencial da rede em aprimorar as respostas, o contato com os gestores dos serviços prestados e também a forma de feedback entre as ouvidorias e os dirigentes dos órgãos", argumentou Elisa.
 
Sobre a OGE - A Ouvidoria-Geral do Estado (OGE), unidade administrativa ligada à Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, é responsável por receber, examinar e encaminhar denúncias, reclamações, elogios, sugestões e pedidos de acesso à informação dos órgãos e entidades do Poder Executivo estadual. A unidade também tem a competência de coordenar tecnicamente a Rede de Ouvidorias do Estado, bem como organizar e interpretar o conjunto das manifestações recebidas e produzir relatórios e informações que visam aperfeiçoar os serviços públicos prestados ao pernambucano.
 
Leia mais