19.08.2019

Convergir Mulher realiza cursos de formação para agricultoras familiares

A Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE), através do Instituto Ecos do Mundo, realiza a partir desta terça-feira (20), o Curso de Formação Sociopolítica e em Produção de Base Agroecológica para 54 mulheres agricultoras familiares. A meta do programa é a inclusão de mulheres agricultoras familiares das regiões do Agreste Setentrional e Agreste Meridional.
A ação visa o fortalecimento da inclusão das mulheres nos espaços de discussão e prioridades de políticas do trabalho no âmbito rural. As produtoras agroecológicas do Projeto Convergir Mulher, obterão através do curso, acesso a informações de relevância no contexto em que elas estão inseridas. Considerando o papel fundamental e o protagonismo das mulheres na gestão da água e dos alimentos e a relevância do trabalho desenvolvido, como forma de vida e da importante relação que elas possuem com a natureza, contribuindo para o fortalecimento em suas relações pessoais, sociais e econômicas no espaço doméstico e fora dele.
O Curso de Formação Sociopolítica tem o objetivo de discutir temáticas relacionadas às mulheres rurais, considerando a realidade das mulheres agricultoras. Os cursos têm carga horária de 16 horas, distribuídas em 4 dias de atividades com 4 horas por dia. Entre os temas discutidos estão gênero, raça/etnia, divisão sexual do trabalho, entre outros. Já na Formação em Produção de Base Agroecológica, o curso terá um total de 24 horas, distribuídas em 6 dias de atividades com 4 horas diárias o qual serão abordados temas como, o uso sustentável do solo, tecnologia social de acesso à água para produção, segurança alimentar e nutricional, quintais produtivos e impactos na renda das mulheres/orçamento familiar.
Destacando a importância do diálogo e esclarecimento com as crianças, haverá para os filhos e filhas das agricultoras familiares atividades lúdico-pedagógicas que contemplem as temáticas de gênero, raça/etnia, respeito às diferenças e violência contra as crianças. As atividades envolvem música, dança, contação de histórias e vídeos educativos. O grupo será dividido em três turmas com 18 crianças no total, e 6 em cada turma, com carga horária de 40 horas.
Com duração de 4 horas por encontro, o curso irá capacitar 18 mulheres e 6 crianças, por município. A abertura em Bom Conselho acontece no dia 20 de agosto, em Águas Belas, no dia 21, e em Bom Jardim, dia 22. A formação terá continuidade ao longo de dois meses de atividades nos três municípios.