Logo da ATI

Notícias da ATI

Notícia publicada em 12/05/2020 às 17:48

Músicas, conselhos e emoção marcaram a Semana de Homenagens às Mães da ATI-PE

/image/journal/article?img_id=11707718&t=1589317452454

 

As comemorações presenciais poderiam ter feito mais falta caso a Gerência de Gestão de Pessoas da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI-PE), através da Unidade de Qualidade de Vida, não tivesse decidido inovar. Certa de que seria impossível o tradicional evento das mães por conta da pandemia do Coronavírus, tratou de cair na vibe das lives. E assim começaram as comemorações via rede social.

 

No canal do Instagram @atipeoficial, as mães e demais interessados, da ATI em especial, curtiram o show do diretor de TI e Transformação Digital, Romero Guimarães, na quarta (05/05). Um repertório dedicado às mães com clássicos da música internacional e MPB. Teve até pedido de música dos internautas. Na quinta (07/05), a mercadóloga, colunista da BandNews FM Brasília, Ana Rodrigues, abordou o verdadeiro Papel de Mãe.

 

“Ser mãe é esquecer-se de si mesma. É viver para o filho. Fazer múltiplas tarefas. Encher-se de culpa quando acredita que poderia ter feito algo melhor. Mas é importante refletir que as mães precisam se cobrar menos. O importante é dar o melhor de si aos filhos, que é o amor e a presença física. E nunca esquecer que a mãe precisa ter sua própria vida, a sua ocupação, para que no futuro possa ficar só observando o voo do filho, sem cobranças. Cada um irá ocupar seu espaço nesse mundo”, aconselha Ana.

 

E, encerrando a semana, a superintendente de Gestão Institucional, Zélia Mendonça, inspirou os seguidores falando do amor incondicional de uma Mãe, através de letras de músicas e poesias.  “Tem uma música da banda Cidade Negra que fala do amor que não se mede. Não diz explicitamente que é o amor de mãe, mas não tenho dúvida que seja. Porque não há medidas para o amor materno. Tem exemplo melhor que a mãe de um presidiário? Aquela que começa a sofrer quando o seu filho passa a ser julgado e assim segue até a condenação. E depois de preso ainda fica rondando o presídio só para estar próximo. E tem até as que mesmo analfabetas passam a conhecer o Código Penal de tanta vontade de ajudar o seu filho”, exemplificou Zélia.

 

A live de Zélia, assim como a da noite anterior com Ana Rodrigues, também ensinou que a qualidade do amor de mãe está em encaminhá-los na direção do bem. Mas certos de que como dizia Madre Teresa de Calcutá: “Ensinarás a voar... Mas não voarão o teu voo. Ensinarás a sonhar ... Mas não sonharão o teu sonho. Ensinarás a viver... Mas não viverão a tua vida. Ensinarás a cantar... Mas não cantarão a tua canção. Ensinarás a pensar... Mas não pensarão como tu. Porém, saberás que cada vez que voem, sonhem, vivam, cantem e pensem...Estará a semente do caminho ensinado e aprendido!”

 

No encerramento também houve mensagem da presidente Ila Carrazzone para as Mães e sorteio de três kits do Boticário. Um patrocínio da Atepe. O resultado do sorteio foi divulgado na segunda (11/05). As vencedoras foram Etiene Bahé, Regina Simas e Telma Lordão.